Roadmap para o sucesso!

Mais um ano chega ao seu final… e é importante que dediquemos tempo de qualidade para fazer um balanço entre o que havíamos planejado para 2018 e o que de fato realizamos e conquistamos.

Esta reflexão nos ajudará a compreender o que deu certo na nossa estratégia e o que precisa ser feito de diferente para que alcancemos os objetivos e metas que desejamos atingir.

Muitos estudos mostram que quando transferimos para o papel o plano que está em nossa mente, estamos dando um passo significativo para transformá-lo em realidade.

O plano ideal é aquele que possui os detalhes suficientes, os quais estão divididos em etapas menores, contendo ações específicas, prazos para início e término, recursos, planos alternativos para superação de eventuais obstáculos e métricas que nos ajudarão a monitorar se estamos evoluindo ou não rumo ao destino final que traçamos. Essas informações funcionam como um mapa, que se monitorado periodicamente, nos permite fazer os ajustes necessários rumo àquele destino.

Tenho tido a oportunidade de acompanhar muitos profissionais ao longo dos anos e percebo que aqueles que adotam esta prática estruturada periodicamente têm colhido melhores frutos do que aqueles que não o fazem. Para estes que a praticam, percebo que o foco e a determinação os acompanham durante toda a implementação.

Outro diferencial é que estes profissionais, ao estabelecerem o plano, respeitam seu estilo pessoal e mantém uma atitude de abertura frente aos desafios do cotidiano. Em outras palavras, estas pessoas sabem que não são perfeitas e compreendem que existem temas que precisam ser encarados de frente e, mesmo sentindo-se vulneráveis, os enfrentam e os superam.

Não significa que este seja um processo fácil ou que não cause dor, mas eles conseguem entender que esta é a única forma de se superarem, se fortalecerem para que possam seguir em frente e conquistarem o sucesso almejado. Para eles, esse objetivo tem um significado especial em suas vidas e consequentemente na vida das pessoas a sua volta.

A mensagem que deixo para você, é que se você não tinha um plano para 2018, não tem problema, a partir de agora você pode traçar o seu para 2019. Utilize as informações deste artigo para construir o seu. E se você o tinha, dedique tempo para refletir nos resultados que este plano trouxe para a sua vida, porque, como eu mencionei, ter o mapa da sua viagem em mãos é um passo muito importante, porém a atitude que você aplicará agora neste balanço final o ajudará na construção e implementação do seu novo mapa para 2019 e tenho certeza que os aprendizados colhidos até aqui certamente serão aspectos motivadores e farão toda a diferença na sua vida.

Para sua reflexão:
– como foi o seu balanço do ano de 2018?
– quais ajustes você fará e implementará no seu plano de 2019?
– quais os comportamentos que serão os seu grandes aliados para o seu sucesso na implementação do seu novo plano para o ano que em breve se inicia?

Um Grande Abraço e Boas Festas!

Marcia Sales Longaretti