Como lidar com as emoções em 4 passos?

Começo hoje relembrando a definição de emoção, conforme vimos no artigo “Vamos falar sobre emoções?”. A emoção é uma resposta biológica que é interpretada por nosso cérebro e assim sentimentos, pensamentos e comportamentos serão criados.

As emoções são informações valiosas que, se bem interpretadas, poderão nos levar a estágios de desenvolvimento muito positivos e satisfatórios.

Um dia desses, estive com um profissional muito talentoso, que possui muitas habilidades técnicas e intelectuais. Enquanto conversávamos, ele me disse: “não tem lógica o que está acontecendo com esta situação, não consigo entender porque as pessoas reagiram dessa forma tão intempestiva, eu simplesmente não gostei do que estava sendo trazido para aquela reunião, coloquei isso para as pessoas a minha volta e a reunião desandou”.

Quando perguntei de qual lógica ele estava falando, ele parou, me olhou, respirou profundamente e teve um insight maravilhoso que o fez repensar na forma como ele estava lidando com suas emoções e, consequentemente, com a situação.

O que aconteceu na situação acima foi, ao sair do “looping emocional” em função da pergunta que foi feita a ele, esse profissional passou a refletir e entender aquilo que estava ocorrendo dentro dele, acabando por conseguir sair de um círculo vicioso e pouco produtivo, e iniciar um virtuoso que foi composto por: perceber, entender, planejar e agir frente àquela determinada situação.

Talvez você se pergunte: como posso colocar essa dica em prática, quando enfrentar uma situação de stress e não houver ninguém que possa ajudar com uma pergunta produtiva que me faça sair desse “looping de emoções”?

A minha sugestão é: procure prestar atenção no que está acontecendo dentro de você. Uma forma eficiente de fazer isso é usando os 4 passos a seguir:

Passo 1) Respire profundamente uma, duas ou três vezes.
Passo 2) Coloque sua atenção na emoção desconfortável e identifique qual emoção é essa.
Passo 3) Procure entender o por quê ela te “pegou”.
Passo 4) Escolha de forma consciente como agir a partir daí.

Certamente, quando entender o que está se passando internamente, você conseguirá olhar a situação por perspectivas diferentes e ficará mais fácil escolher dentre algumas possibilidades o que fazer na sequência.

Eu gosto muito desta técnica, que é bastante utilizada por psicólogos do esporte, porque te ajuda a sair do impulso da emoção, que é um processo automático, e faz ir para o processo racional e reflexivo, com diferentes alternativas e possibilidades mais produtivas e efetivas para agir.

Tecnicamente falando, esse processo ajuda o cérebro sair do modo automático para começar fazer novas conexões de forma a buscar saídas diferentes para aquele situação.

Como todo processo de aprendizado, para que seja efetivo será necessário praticá-lo, porque será com essa prática que você se sentirá mais confortável para poder aplicá-lo no seu dia a dia, de forma natural, e com isso ser bem sucedido em suas interações.

Convite para sua reflexão: Como você fará para colocar os 4 passos na sua prática diária?

Te vejo no próximo artigo.

Grande abraço,
Marcia Sales Longaretti