Boas Festas

O ano de 2015 foi muito desafiador para todos nós, estejamos morando no Brasil ou em outros países. Foi um ano de crise política, econômica e hídrica, problemas ecológicos, atentados, guerras, demissões, redução de gastos e de tantas outras mudanças impactadas pelo cenário atual, sendo muito natural que nos sintamos fragilizados, muitas vezes perdidos e sem esperanças.

Porém, há muitos anos se decidiu quebrar os períodos em anos, os anos em meses, os meses em dias, os dias em horas, as horas em minutos, os minutos em segundos, o que nos deu e nos dá uma deliciosa sensação de fechamento de um ciclo e início de um novo.

Esse novo ciclo que começa em 1° de janeiro de 2016 poderá vir cheio de alegrias, de esperanças renovadas, de sucesso, de realizações e de retomadas, se assim decidirmos. Ou poderá ser o prolongamento de mais um ano difícil, de muita dor, de muita tristeza, de muito peso, de muito medo. Tudo depende das nossas escolhas, das nossas decisões e como lidaremos com elas.

Eu sei que às vezes a gente se pergunta: “Quero fazer diferente, quero construir uma nova história, mas como fazer?”

A melhor resposta é aquela que está dentro de cada um de nós. Por isso deveríamos aproveitar esse momento do ano para refletirmos naquilo que de fato fará a diferença na nossa vida, aquilo que de fato nos fará felizes e começar a construir essa nova história. Não existe certo ou errado, existe apenas aquilo que faz sentido para nós nesse momento de nossas vidas.

E como em toda construção, a base precisa ser sólida e deve começar com as seguintes perguntas: O que quero para a minha vida? E por que é importante para mim?

As demais, que são relacionadas com quais os caminhos a serem seguidos, prazos, recursos, etc, ficam mais fáceis de serem respondidas se de fato definirmos o que queremos trazer para nossa vida de forma clara e específica.

Pense nisso!

Tenho certeza de que esse é um ótimo caminho para você iniciar um novo ano cheio de sucesso e esperanças.

Feliz Natal e que em 2016 a sua vida tenha tudo aquilo que te faz feliz e que com isso você possa contribuir para um mundo melhor.

Boas Festas!

Grande Abraço,

Marcia Sales Longaretti